Unidos de Santa Bárbara leva Oyá a Tempestade do Samba como aposta ao título pelo grupo de acesso II

Grito forte e o samba-enredo afinado, marcaram a passagem da Unidos de Santa Bárbara no lançamento do CD das escolas de samba de São Paulo.

Terceira escola a desfilar pelo grupo de acesso II no dia 24 de fevereiro, no Sambódromo do Anhembi. A agremiação levará como enredo: Oyá a Tempestade do Samba na briga pelo primeiro título, que promete ser acirrada.

Na história da escravidão, o negro escravizado veio da realeza e vai além da escravidão propriamente dita que infelizmente isso não é destacado. A passagem da comissão de frente da agremiação deixou bem claro isso, com passos firmes e fortes encheram os olhos do público de esperança de uma história que muitos não sabem ou fazem questão de esquecer.

O coreógrafo da CF Márcio Dantas a frente do quesito pelo segundo ano, deu uma aula de história num papo descontraído e compacto com a nossa equipe.

CFSP: Carregar o peso da responsabilidade do quesito e com um tema forte sobre Oyá, qual a sensação e o que podemos esperar da Unidos de Santa Bárbara para o carnaval 2020?

Márcio: “É o meu segundo ano consecutivo a frente da comissão, é maravilhoso e a ideia para o carnaval 2020 é vir com algo mais compartilhado, no qual os demais setores possam conversar e alavancar a qualidade de todos. Todos somos responsáveis, todos são importantes e falar sobre Oyá nos lembra que o negro escravizado veio da realeza, ele foi escravo e é importantíssimo lembrar que se veio da realeza, ele é descendente disso. Nossa comissão vai passar forte, no contexto afro de um povo que padeceu na tortura, cuja riqueza sera esquecida. Iremos com tudo, pois a escravidão em toda sua síntese quebra paradigmas e vai muito além!”

Gostou? Curtam, compartilhem nossas notícias e se inscrevam em nosso canal no YouTube.

Não esqueça de deixar o modo do vídeo em HD, para uma excelente visualização do vídeo.

Confira como foi a apresentação da comissão de frente da Unidos de Santa Bárbara:

05/01/2020
Texto: Kleber William
Fotos: Amanda Fontes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × dois =